A Barraca – Felizmente Há Luar!

Fomos ontem à Barraca ver o Felizmente Há Luar!, peça de teatro de Luís de Sttau Monteiro com encenação de Helder Costa. Vão lá porque é uma peça fortissima, muito actual e com interpretações fantásticas. E, para mim, teve o condão de despertar a atenção para um personagem da nossa história que fica normalmente na galeria daqueles que estudámos ao de leve, sabemos até que existe uma praça com o nome dele e pouco mais do que isso – Gomes Freire de Andrade. A não perder. Só vos desejo que não tenham o mesmo azar que nós tivemos de ficar com um bando de adolescentes atrás que não pararam de falar até eles próprios serem “agarrados” pela força da segunda parte da peça e a “enormidade” da interpretação da Maria do Céu Guerra. Valha isso.

Páginas: A Barraca

~ by Dionisio Leitão on February 15, 2007.

 
%d bloggers like this: