A propósito de telefonemas anónimos

Tinha jurado a mim próprio que neste site (encaro isto como um site apesar de ser uma plataforma de blogues) apenas iria mostrar o trabalho que faço a nível de fotografia e, nos casos que por alguma razão considero merecedores disso, divulgar alguns eventos.

Mas algo que se tem passado de há algum tempo para cá levou-me a editar este post. Que vai contra toda a minha maneira de estar aqui e tudo o que penso sobre isto dos blogues ou sites ou o que for que se relacione com a internet. Efectivamente acho que a minha vida privada não tem nem deve ser aqui divulgada. Nunca o fiz nos blogues que tive e muito menos consideraria fazê-lo neste. Adiante, vamos ao que interessa.

Sendo basicamente um site profissional teria que colocar os meus contactos incluindo telefones porque é daquilo que tenho ali na barra lateral que vivo. Ou seja fotografia, digitalização profissional, etc. O que não esperava de modo nenhum é que algumas/alguns senhoras/senhores se aproveitassem disso para fazerem chamadas anónimas ( dois, três toques e desligam ou se se atende nada dizem) no intuito de… sabem elas/eles lá o quê.

Contrariamente ao que pensam e ao invés do que este post as/os possa fazer pensar não me têm perturbado. Só que achei que é chegado o momento de deixar um aviso. Muito sério. É que eu tenho meios e conhecimentos que me permitem descobrir quem está realmente por trás dessas chamadas “anónimas” e farei uso deles se e quando achar conveniente. E depois de saber quem o anda a fazer também tenho os meios e os conhecimentos para rapidamente convencer as/os senhoras/senhores que não é nada prudente continuarem a fazê-lo.

Fica o aviso ou conselho ou o que quiserem para as pessoas a que me refiro.

P.S. Abri os comentários para este post específico.

~ by Dionisio Leitão on February 19, 2007.

3 Responses to “A propósito de telefonemas anónimos”

  1. Meu querido,

    Apenas comento para deixar uma palavra de apreço e apoio. O anonimato é, de facto, uma assinatura cobarde. E a cobardia é uma das mais lamentáveis falhas humanas.
    E quem gasta grande parte do seu tempo a incomodar terceiros, sem daí tirar qualquer tipo de proveito, só pode estar a passar um período mental conturbado. Há por aí muita gente que não sabe lidar com o vazio…
    Já sabes que me disponibilizo para tudo o que estiver ao meu alcance, sabendo de antemão que não é um “fait-divert” como este que te afectará.
    Um abraço,
    Rogério Charraz
    936410992

  2. Há muito que não comento estas coisas, mas perante o tema quero dizer-te que a minha opinião é idêntica à do Rogério Charraz.
    Não vale a pena aborreceres-te.
    Desliga, distancia-te, de forma a não ficares perturbado.
    Provavelmente é o que essa pessoa pretende: desestabilizar.
    Mais do que lidar com o vazio, há pessoas que não sabem lidar com elas próprias.
    Beijinhos

  3. volto atrás para dizer-te que não sei ir ao tal sítio onde dizes ter mais fotografias…
    Sabes como sou uma “naba” nestas coisas…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: